Idéias boas pra cachorro

Máquinas de semear canteiros, limpadores de caixas d’água, robôs que ensinam matemática e até uma engenhoca para lavar cachorro! Todos esses inventos saíram da cabeça de estudantes como você e estão reunidos na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia ‐ Febrace ‐, que acontece de 8 a 12 de março, na Escola Politécnica, da Universidade de São Paulo.

Participantes prestigiam a abertura da Febrace em São Paulo

Estudantes da 8ª série do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio de escolas públicas e privadas de todo o Brasil estão expondo suas idéias curiosas nesta terceira edição da Febrace. Olha: tem de tudo! A Joninha , por exemplo, criada por estudantes do Estado de São Paulo, é uma máquina para plantar sementes. Ela é composta de uma pá escavadeira na parte da frente, que abre o buraco; no meio há um compartimento onde ficam as sementes para o plantio; na parte traseira, uma espécie rodo empurra a terra, tapando o buraco. Para os alunos, a Joaninha pode ajudar aos agricultores em suas tarefas, além de proporcionar à população, no futuro, mudas de plantas para fazerem seus próprios canteiros.

Outra invenção prá lá de interessante é o Lava Dog . Como o nome já denuncia, trata-se de uma máquina para lavar cães que funciona assim: o animal é colocado em um box equipado com um painel de controle que realizará as tarefas de lavar, enxaguar, secar e aplicar produtos de limpeza para cães, como shampoo anti-pulgas, igualzinho se faz com os carros. A idéa para deixar a cachorrada limpinha é de estudantes do Rio de Janeiro.

Para a coordenadora do evento, a Professora Roseli de Deus Lopes, a feira é uma oportunidade de identificar novas habilidades. “Com a experiência na feira, os alunos podem testar suas verdadeiras aptidões e mais tarde saber que profissão escolher”, afirma.

Os inventos serão avaliados por especialistas de todas as áreas do conhecimento e os primeiros colocados ganharão prêmios. Computadores, estágios, troféus e certificados estão entre outras recompensas que serão distribuídas aos mentores dos projetos que forem considerados mais interessantes pelos avaliadores. Além disso, os nove primeiros colocados serão escolhidos para representar o Brasil numa feira internacional.

Tudo isso deixou você com a maior vontade de inventar moda? Então anote esta dica: as inscrições para a Febrace 2006 começam em julho de 2005. Mas os resumos dos trabalhos podem ser apresentados até novembro. Para maiores detalhes, basta acessar o site www.lsi.usp.br . Os estudantes devem estar cursando da 8ª série do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, ter um orientador com mais de 21 anos ‐ que pode ser um de seus professores ‐ e, claro, uma boa idéia colocada em prática. Ah! Os projetos também podem ser feitos em grupo, de no máximo três alunos. Então, reúna os colegas e mão na massa!

Feira Brasileira de Ciências e Engenharia ‐ Febrace 2005
De 08 a 12 de março, de 14h às 19h. Grátis!
Escola Politécnica da USP
Av Professor Luciano Gualberto, Travessa 3, n° 380
São Paulo/SP.
Tel.: (11) 3091-5589

Matéria publicada em 08.03.2005

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Cathia Abreu

Adoro aprender coisas novas. Tenho a sorte de trabalhar me divertindo e fazendo descobertas todos os dias.

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat