Galito, o passarinho equilibrista

Simpático, ativo, ágil – assim é o galito (Alectrurus tricolor), um pequeno passarinho que habita o cerrado brasileiro e também regiões do Paraguai, da Argentina e da Bolívia. Nos campos abertos, pousa em finos ramos para descansar. É nessas horas que ele mostra uma de suas habilidades mais impressionantes: a de equilibrista! Mesmo com o vento soprando para lá e para cá, o valente galito permanece firme.

No Brasil, o galito habita principalmente as áreas de cerrado, incluindo os estados de Minas Gerais, São Paulo, Goiás e Mato Grosso de Sul, além do Paraná e, muito provavelmente, o Rio Grande do Sul. (foto: Sávio Freire Bruno / Universidade Federal Fluminense)

No Brasil, o galito habita principalmente as áreas de cerrado, incluindo os estados de Minas Gerais, São Paulo, Goiás e Mato Grosso de Sul, além do Paraná e, muito provavelmente, o Rio Grande do Sul. (foto: Sávio Freire Bruno / Universidade Federal Fluminense)

Insetívoro, o galito espreita suas presas – insetos, como moscas, grilos, besouros, abelhas e mariposas, ou aranhas – aguardando o momento exato de atacar. Com bico rápido e certeiro, nhac! Faz a sua refeição e volta, quase sempre, ao mesmo galho, onde aguarda sua próxima vítima. E assim passa boa parte do seu dia…

Há diferenças marcantes entre macho e fêmea desta espécie. As fêmeas são pardas, com asas e cauda escuras e garganta branca. Já os machos possuem coloração preta e branca, com um desenho branco em forma de V no dorso e uma faixa peitoral negra incompleta.

O galito é pequenino: as fêmeas (à esquerda) medem de 12 a 13 centímetros e os machos, até 19 centímetros. (foto: Sávio Freire Bruno / Universidade Federal Fluminense)

O galito é pequenino: as fêmeas (à esquerda) medem de 12 a 13 centímetros e os machos, até 19 centímetros. (foto: Sávio Freire Bruno / Universidade Federal Fluminense)

Mas a principal característica do galito macho é a sua cauda negra em forma de leque. Na época reprodutiva, ela se torna mais avantajada que de costume, o que ajuda o passarinho em sua curiosa dança nupcial. Para cortejar a fêmea, machos fazem um voo de exibição, eriçando acentuadamente a cauda e executando fortes e pausadas batidas de asa.

Depois da conquista, é hora de preparar a chegada dos filhotes. Nessa etapa, a fêmea assume a maior parte das tarefas, como construir o ninho em forma de taça utilizando capim seco. O ninho é construído diretamente no solo, mas escondido em meio às gramíneas altas. É lá que os filhotes passam os primeiros dias de vida e, com quase duas semanas, saem e se escondem na vegetação próxima, sendo alimentados e protegidos pelos pais até que consigam realmente voar.

O galito pertence a uma grande família, a maior entre as aves do mundo ocidental, conhecida como Tyrannidae.  (foto: Sávio Freire Bruno / Universidade Federal Fluminense)

O galito pertence a uma grande família, a maior entre as aves do mundo ocidental, conhecida como Tyrannidae. (foto: Sávio Freire Bruno / Universidade Federal Fluminense)

Infelizmente, a destruição do hábitat natural desse esperto passarinho, em especial por causa da expansão das lavouras e da pecuária, vem ameaçando a espécie. O galito não gosta de áreas alteradas! Sem falar que as atividades desenvolvidas no solo põem em risco os seus ninhos…

Por esses motivos, tem sido raro observar o galito em regiões como o estado de São Paulo. Pode ser, até, que ele desapareça de vez! Precisamos fazer alguma coisa para impedir, não acha?

Matéria publicada em 09.03.2016

COMENTÁRIOS

  • Anna Elise

    Concordo!

    Publicado em 10 de fevereiro de 2019 Responder

  • Beatriz Correa Oliveira Pontes

    eu também concordo!

    Publicado em 6 de julho de 2020 Responder

  • Júlia Udenal Maestrello

    eu também acho…temos que proteger essa espécie de passarinho acrobata

    Publicado em 6 de julho de 2020 Responder

  • Sofia PImentel de Souza Cunico

    Caros editores,
    É a primeira vez que leio a revista “Ciência Hoje das Crianças” e estou amando! Minha turma e eu já ouvimos falar de vocês no nosso livro “Buriti Português Plus” da editora Moderna e eu fiquei impressionada!!!!
    Adorei essa matéria e eu tenho muita certeza que não vou perder nenhuma matéria a mais!!
    Adorei compartilhar isso com vocês!

    Publicado em 6 de julho de 2020 Responder

    • Sofia Pimentel de Souza Cunico

      Me desculpem!!! É Pimentel!
      Sou aluna do Colégio Santa Cruz de Maringá estado do Paraná (PR).
      Terceiro ano C

      Publicado em 6 de julho de 2020 Responder

  • Beatriz Correa Oliveira Pontes

    Caros editores, e primeira vez que eu lendo a revista “Ciência Hoje das crianças” e estou amando . Eu e minha turma já ouvimos falar de vocês no nosso livro “buriti português plus ” da editora moderna e eu fiquei impressionada !!!!!!! e tenho certeza que não vou perder nenhuma matéria a mais .

    Publicado em 6 de julho de 2020 Responder

    • Sofia Pimentel de Souza Cunico

      Que texto lindo Beatriz

      Publicado em 6 de julho de 2020 Responder

      • Beatriz Correa Oliveira Pontes

        obrigada sofi

        Publicado em 7 de julho de 2020

    • Sofia Pimentel de Souza Cunico

      . Parabéns

      Publicado em 6 de julho de 2020 Responder

  • Beatriz Correa Oliveira Pontes

    sou aluna do colégio santa cruz maringá 3 ano Cdo estado do parana (PR.)

    Publicado em 6 de julho de 2020 Responder

    • Sofia Pimentel de Souza Cunico

      Isso mesmo

      Publicado em 6 de julho de 2020 Responder

  • gustavo

    adorei!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Publicado em 6 de julho de 2020 Responder

  • MARCELLA BONJORNO

    Prezados Editores, sou a Marcella e estou amando conhecer as publicações da revista Ciência Hoje das Crianças, eu adoro animais e gostei muito da matéria do Galito.
    Espero que sua espécie nunca seja extinta.
    Vou continuar lendo as matérias super interessantes da Revista.

    Publicado em 6 de julho de 2020 Responder

  • Laura Ramos Quaglia

    Prezados editores, meu nome é Laura e sou aluna do colégio Santa Cruz. Eu adorei a matéria do Galito,o passarinho equilibrista, é muito legal .

    Publicado em 6 de julho de 2020 Responder

  • Heitor

    Maringá, 26 de junho de 2020.

    Senhores editores da Revista Ciência Hoje das Crianças
    Eu achei muito legal a matéria do Passarinho Galito publicada em 09.03.2020, quando fala da comida dele, de como ele faz para capturar suas presas e quando ele dança para cortejar sua fêmea.
    Gostaria que falassem também do leão.

    Heitor Charal de Molla
    Aluno do 3 ano B do Colégio Santa Cruz – Maringá

    Publicado em 6 de julho de 2020 Responder

  • Larissa

    Eu gostei muito de saber sobre esse animal e quando eu li que ele estava em perigo eu gostaria de ajudar

    Publicado em 6 de julho de 2020 Responder

  • Kiara Batistioli Vendrame

    Concordo, também sou aluna do Colégio Santa Cruz. Adorei e isso me ajudou muito, porque vou fazer uma carta sobre isso, muito obrigada por essas informações. Sou do 3 ano a.

    Publicado em 7 de julho de 2020 Responder

  • Beatriz Correa Oliveira Pontes

    adorei muito a matéria do galito

    Publicado em 7 de julho de 2020 Responder

  • Beatriz Correa Oliveira Pontes

    salvem o galito, salvem o galito, salvem o galito,salvem o galito
    ssssssssssssssssaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaallllllllllllvvvvvvvvvveeeeeeeeeeeeeeeeemmmmmmmmmmmmmmm oooooooooo ggggggggaaaaaaaaaaaaaaaallllllllittooooo

    Publicado em 7 de julho de 2020 Responder

  • VALENTINA PANICHELLI GUASTALA

    OLÁ MEU NOME É VALENTINA , ESTUDO NO COLÉGIO SANTA CRUZ DE MARINGÁ ESTOU NO 3 ANO A – DEVEMOS FAZER UMA CAMPANHA PARA SALVAR O GALITO! O HOMEM COM ATITUDES ERRADAS ESTÁ DESTRUINDO O LOCAL NATURAL DOS ANIMAIS E ASSIM ELES VÃO MORRER! SERÁ QUE O HOMEM NÃO PENSA NAS CONSEQUÊNCIAS E NA SITUAÇÃO QUE ESTÁ CONSTRUINDO TUDO AO SEU REDOR?

    Publicado em 7 de julho de 2020 Responder

  • VALENTINA PANICHELLI GUASTALA Moço

    MARINGÁ, 07 DE JULHO DE 2020

    GALITO, O PASSARINHO EQUILIBRISTA

    Caro editor da revista digital chc – Ciência hoje das crianças!
    Sou a Valentina estou escrevendo para dizer como estou preocupada com o galito. Gostei muito do texto da história do passarinho da espécie galito que foi publicada em 09 de março de 2016. Aprendi muito sobre os pássaros em especial o galito, como seu habitat, como é sua aparência, sua beleza natural e como é a fêmea e como eles se comportam.
    Sou aluna do 3 ano do Colégio Santa Cruz na cidade de Maringá no Estado do Paraná, eu acho importante nós avisarem que o galito está correndo perigo e ele pode sumir do planeta, Ele é muito importante na natureza, Devemos fazer uma campanha para salvar o Galito!
    O ser humano tem que colaborar porque o Homem está com atitudes erradas por que está destruindo o local natural dos animais. Será que o Homem não consegue pensar que ele está matando a natureza e mata também o Galito, o homem não está pensando nas consequências.
    O homem está destruindo tudo ao seu redor!
    Um abraço a todos aguardo novas publicações.
    Valentina Panichelli Guastala Moço

    Publicado em 7 de julho de 2020 Responder

  • Isabella

    Gostei muito de aprender sobre a vida do galito, vou torcer para que o homem se conscientize e não destrua todo seu habitat natural.

    Publicado em 7 de julho de 2020 Responder

  • Mariana Corrêa Oliveira Pereira

    Caro editor, meu nome é Mariana, estudo no Colégio Santa Cruz em Maringá.
    Adorei a matéria Galito, o passarinho equilibrista.
    Estou adorando a revista CHC.
    Abraços,

    Mariana C. O. Pereira

    Publicado em 7 de julho de 2020 Responder

  • Heloisa Gonçalves Casarotto

    Caro editor meu nome é Heloisa estudo no 3º ano A colégio Santa Cruz Maringá

    Adorei conhecer um pouco do Galito O passarinho enquilibrista
    Fiquei surpresa ao ler que mesmo com o vento pra la e pra cá eles não caem
    Um abracço

    Heloisa Gonçalves Casarotto

    Publicado em 10 de julho de 2020 Responder

  • Bianca Pontes Vicente Gollo Bolsoni.

    eu concordo com isso para salvar o galito

    Publicado em 11 de julho de 2020 Responder

  • Claudia Pontes Vicente

    Muito interessante o texto nos faz refletir como e importante preservar a natureza

    Publicado em 11 de julho de 2020 Responder

  • Manuela Pedreiro Bergamasco

    Gostei muito do Galito!!!

    Publicado em 12 de julho de 2020 Responder

  • AIMÉE SAKIYAMA

    O galito é um passarinho que vive no estado cerrado e esta em ameaça de extinção
    ele esta em extinção porque o galito gosta de areas alteradas por causa da lavoura e da pecuaria.

    Publicado em 12 de julho de 2020 Responder

  • AIMÉE SAKIYAMA

    Corrigindo:

    …não gosta de áreas alteradas…

    Publicado em 12 de julho de 2020 Responder

  • AIMÉE SAKIYAMA

    beijinhos

    Publicado em 12 de julho de 2020 Responder

  • Yasmin

    Prezado editor da revista CHC, meu nome é Yasmin, sou de Maringá no Paraná, e acabei de ler no site a matéria sobre o galito, e achei-a muito interessante, mesmo que ela tenha sido publicada a muito tempo, em 09/07/2016, ainda continua atual.
    Eu acho que, para impedir que ele desapareça, poderíamos pedir aos agricultores que reservassem um espaço nativo, em suas propriedades.

    Yasmin

    Publicado em 13 de julho de 2020 Responder

  • Rafaela Vieira da Fonseca

    oi meu nome é Rafaela estudo no Manuel Pinheiro minas gerais estou no 3º ano. Eu concordo

    Publicado em 5 de novembro de 2020 Responder

  • Bernardo

    concordo plenamente. Temos que cuidar da espécie

    Publicado em 31 de agosto de 2021 Responder

Envie um comentário

Sávio Freire Bruno

Desenvolvo pesquisas sobre espécies ameaçadas de extinção, como o pato-mergulhão. Adoro fotografar e filmar a natureza e seus animais – e também escrever sobre eles!

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat