Curiosidade magnética

Você conhece o capitão Jack Sparrow, do filme Piratas do Caribe? Além de esperto e engraçado, ele tem uma bússola mágica que sempre aponta para o que ele mais deseja no mundo.

Bússola do Capitão Jack Sparrow, que aponta para o que mais se deseja no mundo, no filme Piratas do Caribe. (foto: Flickr/Anime Nut/ <a href= http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.0>CC BY-NC-ND 2.0</a>)

Bússola do Capitão Jack Sparrow, que aponta para o que mais se deseja no mundo, no filme Piratas do Caribe. (foto: Flickr/Anime Nut/ CC BY-NC-ND 2.0)

No mundo real, as bússolas são baseadas totalmente na ciência, mas não deixam de ser tão incríveis quanto aquela – afinal, sem elas as aventuras de piratas e navegadores de verdade jamais aconteceriam! Você sabe como esses instrumentos funcionam?

De maneira geral, a bússola utiliza os campos magnéticos da Terra para determinar para que lado fica o Norte e, assim, orientar o viajante.

Isso é possível porque o núcleo da Terra é formado por metal em estado líquido e sólido. Ele gera um campo magnético que transforma nosso globo em um grande ímã, com polos norte e sul, localizados próximo aos pólos Norte e Sul geográficos – aqueles que sinalizamos no mapa.

A agulha da bússola também é um imã, que se alinha ao campo magnético da Terra, apontando para o sul magnético do planeta. Mas espera aí: a bússola não aponta para o Norte?

Pode parecer estranho, mas os polos magnéticos e geográficos da Terra são invertidos, ou seja, o sul magnético está localizado no Norte geográfico e vice-versa.

Bússola tradicional. Quando elas apontam para o Norte geográfico, lá pelo Canadá, na verdade, querem dizer que ali é o polo sul magnético da Terra. (foto: Flickr/Calsidyrose/ <a href= http://creativecommons.org/licenses/by/2.0>CC BY 2.0</a>)

Bússola tradicional. Quando elas apontam para o Norte geográfico, lá pelo Canadá, na verdade, querem dizer que ali é o polo sul magnético da Terra. (foto: Flickr/Calsidyrose/ CC BY 2.0)

Que baita confusão! Isso acontece porque as orientações de Norte e Sul nos mapas foram estabelecidas antes de entendermos o magnetismo da Terra. Quando os cientistas perceberam que os polos magnéticos e geográficos estavam invertidos, já era muito tarde…

Os polos magnéticos e geográficos do planeta se localizam próximos, mas não exatamente no mesmo lugar. Por convenção, o norte magnético (nm) fica no Norte e o sul magnético (sm) no Sul do planeta, embora a realidade física diga o contrário. A bússola aponta sempre em direção ao Norte.

Os polos magnéticos e geográficos do planeta se localizam próximos, mas não exatamente no mesmo lugar. Por convenção, o norte magnético (nm) fica no Norte e o sul magnético (sm) no Sul do planeta, embora a realidade física diga o contrário. A bússola aponta sempre em direção ao Norte.

Para evitar confusão e não ser necessário mudar todos os mapas conhecidos, ficou assim mesmo. E aí vai mais uma informação para você ficar de queixo caído: em alguns momentos do passado, os polos magnéticos da Terra já foram diferentes – o polo norte magnético já virou polo sul e vice-versa.

“Esse tipo de mudança drástica é algo natural e já ocorreu diversas vezes”, conta Eder Molina, geofísico do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo. “Vai acontecer de novo. Só não é possível prever exatamente quando – provavelmente daqui a milhares de anos”.

As consequências do fenômeno, segundo ele, podem até fazer o campo magnético da Terra, que protege nosso planeta da radiação solar, deixar de existir por algum tempo.

Viu só? As bússolas reais não deixam nada a dever às bússolas do cinema – também são cheias de mistério e curiosidade!

Matéria publicada em 17.02.2014

COMENTÁRIOS

  • Maria Melgaço Soares

    Olá, n sei se somente eu não conseguí ler tudo,. meu conteúdo teve um erro causado pelo o wordpress. mas o que consegui ler n encontrei nem uma palavra diferente, porém o que conseguí ler me ajudou bastante na realização dos exercícios.

    Publicado em 14 de junho de 2018 Responder

  • Katarina

    É é possível fazer a agulha da bússola, distante de qualquer ímã, não apontar para o norte ?

    Publicado em 6 de outubro de 2020 Responder

  • ARTHUR RODRIGUES PINTO

    É um imá

    Publicado em 16 de outubro de 2020 Responder

  • Rauny Augusto

    nossa isso e demais e sou doido pra ter uma bussola adoro o jeito da sua movimentação e esse vice-versa deve ser algo muito loco

    Publicado em 13 de agosto de 2021 Responder

  • Rauny Augusto

    Quando os cientistas perceberam que os polos magnéticos e geográficos estavam invertidos, já era muito tarde…

    Os polos magnéticos e geográficos do planeta se localizam próximos, mas não exatamente no mesmo lugar. Por convenção, o norte magnético (nm) fica no Norte e o sul magnético (sm) no Sul do planeta, embora a realidade física diga o contrário. A bússola aponta sempre em direção ao Norte.
    Os polos magnéticos e geográficos do planeta se localizam próximos, mas não exatamente no mesmo lugar. Por convenção, o norte magnético (nm) fica no Norte e o sul magnético (sm) no Sul do planeta, embora a realidade física diga o contrário. A bússola aponta sempre em direção ao Norte.

    Para evitar confusão e não ser necessário mudar todos os mapas conhecidos, ficou assim mesmo. E aí vai mais uma informação para você ficar de queixo caído: em alguns momentos do passado, os polos magnéticos da Terra já foram diferentes – o polo norte magnético já virou polo sul e vice-versa.

    “Esse tipo de mudança drástica é algo natural e já ocorreu diversas vezes”, conta Eder Molina, geofísico do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo. “Vai acontecer de novo. Só não é possível prever exatamente quando – provavelmente daqui a milhares de anos”.

    As consequências do fenômeno, segundo ele, podem até fazer o campo magnético da Terra, que protege nosso planeta da radiação solar, deixar de existir por algum tempo.

    Viu só? As bússolas reais não deixam nada a dever às bússolas do cinema – também são cheias de mistério e curiosidade! que louco velho ta maluco esse mundo!!!

    Publicado em 13 de agosto de 2021 Responder

  • Matheus das chagas silva 💟

    Nossa não sabia que enterressante obrigado muito bom ficar lendo por um tempinho obrigado

    Publicado em 24 de agosto de 2021 Responder

Envie um comentário

Isabelle Carvalho

Desde criança, sempre gostei de ler e escrever histórias. Hoje, estou muito feliz por poder contar muitas histórias sobre ciência na CHC!

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat