Bate-papo animado com uma dupla de desenhistas

Beto Pimentel

Beto Pimentel nasceu em 1967, na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro. É físico, mas desenha desde criança, quando costumava ler os gibis dados por sua tia-avó. Fez muitos cursos e acabou desenvolvendo habilidades para criar histórias em quadrinhos. Já Luiz Pessôa – ou Luiz Cartoon, como é conhecido por todos – nasceu em 1973, na cidade do Rio de Janeiro. Ele – que tomou gosto pelos quadrinhos também na infância – há dez anos trabalha como ilustrador, programador visual, cartunista, entre outras funções, além de coordenar oficinas de quadrinhos junto com o amigo Beto. Os dois conversaram com a Ciência Hoje das Crianças e contaram como pode ser instrutivo e divertido fazer histórias em quadrinhos.

Luiz Cartoon

Ciência Hoje das Crianças – O que é necessário para criar histórias em quadrinhos?

Beto Pimentel – Em primeiro lugar, imaginação, criatividade e sensibilidade. Em segundo lugar, papel, lápis, borracha e, se possível, uma caneta. Como em toda arte, o desenhista de quadrinhos quer contar algo que achou interessante de alguma maneira. Para tanto, ele precisa, claro, dominar certas técnicas narrativas exclusivas dos quadrinhos, como o uso de balões. O mais importante no processo criativo de uma boa história em quadrinhos, no entanto, é a dedicação, que significa muita pesquisa, atenção, sensibilidade, percepção, trabalho duro e, às vezes, paciência.

CHC – Além dos desenhos, que fazem o maior sucesso, o texto também aparece nas histórias. O que é mais importante?

Luiz Cartoon – Acho que o que faz os quadrinhos serem tão interessantes é que muitas vezes os dois se complementam. Há quem diga que o leitor começa a se interessar por uma história em quadrinhos pelo desenho, mas continua até o final por causa do texto. Se a gente considerar como “texto” a idéia contida no roteiro, acho que isso é verdade. Nos quadrinhos, até as letras do texto podem ter significado. Por exemplo: a fala de uma personagem pode sempre aparecer com uma letra mais caprichada e bem desenhada do que a fala das outras personagens, querendo dizer, talvez, que aquela é particularmente mais cuidadosa e detalhista.

CHC – Qual a diferença entre cartum, tirinhas e histórias em quadrinhos?

Beto Pimentel – É o formato. Chamamos de histórias em quadrinhos, em geral, desenhos seqüenciais de mais de uma página em que uma história mais longa é desenvolvida. Nas tirinhas, o formato é reduzido em apenas alguns quadros. Elas foram desenvolvidas especialmente para os jornais e feitas para as notícias do dia-a-dia, bem como para atrair crianças para a leitura. Já o cartum consiste em um desenho em que uma situação – na maioria das vezes engraçada – é apresentada. Hoje, para diferenciar, chama-se cartum o tipo de desenho que traz um humor mais universal, enquanto a charge é caracterizada pelo humor que só faz sentido num determinado lugar e numa determinada época. Por exemplo, a charge política que sai nos jornais todos os dias.

CHC – O que vocês dois diriam para quem quer criar histórias em quadrinhos?

Beto Pimentel – Eu diria que, se ela gosta de desenhar e de ter idéias, ela tem tudo para ser um bom cartunista. Porém, ao contrário do que pode parecer à primeira vista, desenhar é apenas uma parte do que o desenhista faz. Os grandes ilustradores e quadrinistas – como são chamados os autores de histórias em quadrinhos –, em primeiro lugar, são pessoas que lêem muito, vão a exposições de arte, assistem a filmes, conversam com outras pessoas sobre o que interessa a eles etc. Um bom ilustrador deve ser capaz de olhar para o esboço do desenho e ver como ele pode ficar melhor. Isso exige muito desapego à própria criação, além de persistência, capacidade de observação e criatividade. Além disso, é preciso treinar com afinco até conseguir fazer isso bem.

Luiz Cartoon – A resposta do Beto está mais do que completa. É necessário muito treino, mais treino, e mais treino nas horas vagas! E este treino deve ser divertido e prazeroso… O mais importante em histórias em quadrinhos é a diversão! O jovem cartunista deve procurar um tema de seu interesse, explorá-lo e encontrar uma forma de torná-lo interessante para contar aos outros por meio dos quadrinhos. Deve tornar este tema engraçado, dramático, interessante a ponto de prender a atenção dos leitores. Ao conseguir isto terá alcançado seu objetivo.

Matéria publicada em 02.06.2010

COMENTÁRIOS

  • sjdoiad

    DAHORA MEU!!!!!!!!!

    Publicado em 5 de junho de 2018 Responder

  • PEDRO SILVA

    TO NA ESCOLA

    Publicado em 5 de junho de 2018 Responder

  • Anna Elise

    Adorei aprender um pouco mais em relação a este assunto!

    Publicado em 27 de abril de 2019 Responder

  • ademir

    voces são um suseso

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

  • Murilo

    eu gostei muito, pois ensina a gente a diferenciar HQs, cartum e tirinhas, bem explicativo!

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • ELIOENAI PIOVEZAN

    Olá, CHC,
    Adorei a entrevista. As informações são muito esclarecedoras, principalmente sobre a diferença entre cartum, tirinhas e HQ,.

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • nickolas darck de oliveira

    cara achei muito daora aprender sobre esse assunto não sabia de nada sobre o assunto, adorei a entrevista as informações são muito claras obrigado por me ajudar

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

    • pedro henrique andrade

      eae nick

      Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

      • YAE FABILAAAAAAAAAAAA

        yae man tudo suave sou o nick

        Publicado em 3 de maio de 2021

  • pedro henrique andrade

    Eu adorei saber sobre as diferenças entre tirinha, HQ, cartum e charge.

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • Irineu vc não sabe nem eu

    muito enteressante essa entrevista, gosto bastante de todos seja a tirinha, o cartun ou as histórias em quadrinhos.

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

    • pedro henrique andrade

      quem é vc?

      Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

      • Irineu vc não sabe nem eu

        olha o chat da aula e vc vai saber quem sou eu kk

        Publicado em 3 de maio de 2021

  • Ana

    Achei demais. Bem esclarecedor, ótimas informações!

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • misterio

    salveeeeeeee

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • Rafael

    Eu gostei muito de reforçar minha experiência sobre tirinhas e quadrinhos muito obrigado por ajudar.

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • rodrigo👌👌👌

    gostei muito aprendi algumas coisas gostei

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • Ana Carolina

    Eu adorei saber mas sobre o assunto e eu realmente gostei da matéria e acho que é muito importante sabermos mais sobre a diferença entre as tirinhas,cartuns e HQ.

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • Alanys

    nossa amei,saber mais sobre esse assunto,informaçoes completamente sensacionais e brilhantes..Amei a entrevista 😉

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • Sophia

    Gostei muito da entrevista entre o Beto Pimentel e o Luiz Cartoon, tem muitas informações com uma linguagem clara sobre tirinha, HQs e cartum,

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • a

    Muito legal aprender sobre esse assunto,ainda mais que gosto de ler,Muito legal saber diferenciar tirinhas de HQ,charge e cartoon

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • Igor

    Gostei demais da entrevista , por ensinar mais ainda sobre esse conteúdo muito interessante e legal.

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • Mariana Pio Figueiredo de Oliveira

    Achei o texto bem legal o texto, explica bem a diferença sobre HQ’s, cartum e tirinhas.

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • N. Darckzin

    achei mt interessante pois aprendi mt coisa com esse texto achei o conteudo legal e divertido

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • Maria Victoria

    Olá, adorei a entrevista. Consegui saber a diferença entre HQ’s , histórias em quadrinhos, e cartum. Adorei

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • YAE FABILAAAAAAAAAAAA

    faz mais entrevistas pfv adorei o conteudo

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • Maria Victoria

    Olá, adorei a entrevista. Consegui saber a diferença entre HQ’s , histórias em quadrinhos, e cartum. Adorei.

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • Pao de Batata Caua

    Adorei as informacoes da diferenca entre HQS, cartum e historias em quadrinho!

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • aluno(a) do sesi

    Eu amei a entrevista ,concerteza vou explorar mais a revista.adorei

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • Pedro Duarte

    adorei a explicação sobre a diferença sobre HQ, tirinhas e cartum, e adorei como explicou direito

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

  • Dr Piranha

    muito legal estudar HQ e historias em quadrinhos e o cartun

    Publicado em 3 de maio de 2021 Responder

Responder Cancelar resposta

Cathia Abreu

Adoro aprender coisas novas. Tenho a sorte de trabalhar me divertindo e fazendo descobertas todos os dias.

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat