Você pode escolher!

A gente faz escolhas sem perceber. Mas uma hora isso fica sério!

Ou se tem chuva e não se tem sol,

ou se tem sol e não se tem chuva!

 

Ou se calça a luva e não se põe o anel,

ou se põe o anel e não se calça a luva!

 

(Trecho do poema Ou isto ou aquilo, de Cecília Meireles)

 

Já pensou quantas escolhas você precisa fazer no dia a dia, das mais simples às mais importantes? Tomar leite ou suco no café da manhã? Sair correndo para a escola ou dormir mais um pouco e ter de apressar depois? Passar a maior parte do dia estudando ou brincando? Quando a noite chega, você… Pega logo no sono ou resolve acabar de ler a nova edição da CHC antes de dormir? Hummm…

escolhas
Ilustração Walter Vasconcelos

Estas são as escolhas, digamos, mais comuns do nosso dia a dia. Mas o tempo vai passando, você vai crescendo, e as decisões a tomar vão se tornando mais desafiadoras. É preciso escolher, por exemplo, o que vai ser quando crescer.

Acredito que você ainda tem um tempinho pela frente até ter que fazer esta escolha. Mas, quando bater o martelo e decidir,você entrará em outra fase de desafios, pois cada atividade profissional vai exigir que você continue fazendo escolhas o tempo todo.

Ser professor, cientista, farmacêutico, empresário, médico… é um labirinto sem fim! E cada escolha, ao apontar para um caminho, traz conquistas, mas vai exigir de você a capacidade de abrir mão de todas as outras alternativas descartadas. E, quando for mais velho e mais experiente, terá que assumir as consequências das escolhas feitas. Ufa!!

Mas, não se assuste! O jogo das escolhas define quais caminhos seguiremos em nossas vidas. E por mais que seja desafiador, é também campo de exercício de nosso livre arbítrio,ou seja, do poder que temos de escolher. É um exercício da liberdade de desenhar nosso caminho a partir de sonhos, desejos, projetos, ideais. Vale ou não vale à pena enfrentar com determinação e coragem cada oportunidade que a vida lhe apresenta? De escolher o que for melhor para você? A escolha é sua!


Marcia Stein

Especialista em Educação

Há muitos anos descobri que queria trabalhar em escolas, ajudando professores e alunos a tornar o mais interessante possível a aventura de ensinar e aprender. Neste espaço, pretendo compartilhar com vocês ideias, conclusões, provocações e questionamentos que fui construindo nesse percurso

Matéria publicada em 12.07.2018

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

CONTEÚDO RELACIONADO

Dinossauros, os ancestrais das aves!

É verdade ou mentira que as aves são parentes desses répteis fascinantes?

Três bonecas em uma!

Parece uma, mas são três. Estas são as bonecas russas, ou matrioskas, como são conhecidas na Rússia. Há várias maneiras de fazer essas bonecas, que são verdadeiras obras de arte por lá. A CHC ensina a fazer as três bonecas com materiais simples, que você deve ter em casa.