Você pode escolher!

A gente faz escolhas sem perceber. Mas uma hora isso fica sério!

Ou se tem chuva e não se tem sol,

ou se tem sol e não se tem chuva!

 

Ou se calça a luva e não se põe o anel,

ou se põe o anel e não se calça a luva!

 

(Trecho do poema Ou isto ou aquilo, de Cecília Meireles)

 

Já pensou quantas escolhas você precisa fazer no dia a dia, das mais simples às mais importantes? Tomar leite ou suco no café da manhã? Sair correndo para a escola ou dormir mais um pouco e ter de apressar depois? Passar a maior parte do dia estudando ou brincando? Quando a noite chega, você… Pega logo no sono ou resolve acabar de ler a nova edição da CHC antes de dormir? Hummm…

escolhas
Ilustração Walter Vasconcelos

Estas são as escolhas, digamos, mais comuns do nosso dia a dia. Mas o tempo vai passando, você vai crescendo, e as decisões a tomar vão se tornando mais desafiadoras. É preciso escolher, por exemplo, o que vai ser quando crescer.

Acredito que você ainda tem um tempinho pela frente até ter que fazer esta escolha. Mas, quando bater o martelo e decidir,você entrará em outra fase de desafios, pois cada atividade profissional vai exigir que você continue fazendo escolhas o tempo todo.

Ser professor, cientista, farmacêutico, empresário, médico… é um labirinto sem fim! E cada escolha, ao apontar para um caminho, traz conquistas, mas vai exigir de você a capacidade de abrir mão de todas as outras alternativas descartadas. E, quando for mais velho e mais experiente, terá que assumir as consequências das escolhas feitas. Ufa!!

Mas, não se assuste! O jogo das escolhas define quais caminhos seguiremos em nossas vidas. E por mais que seja desafiador, é também campo de exercício de nosso livre arbítrio,ou seja, do poder que temos de escolher. É um exercício da liberdade de desenhar nosso caminho a partir de sonhos, desejos, projetos, ideais. Vale ou não vale à pena enfrentar com determinação e coragem cada oportunidade que a vida lhe apresenta? De escolher o que for melhor para você? A escolha é sua!


Marcia Stein

Especialista em Educação

Há muitos anos descobri que queria trabalhar em escolas, ajudando professores e alunos a tornar o mais interessante possível a aventura de ensinar e aprender. Neste espaço, pretendo compartilhar com vocês ideias, conclusões, provocações e questionamentos que fui construindo nesse percurso

Matéria publicada em 12.07.2018

COMENTÁRIOS

  • Anna Elise

    É verdade, todo dia eu faço uma escolha!Amei o texto!

    Publicado em 25 de agosto de 2018 Responder

Envie um comentário

CONTEÚDO RELACIONADO

Médico de Família!

: Uma profissão que salva vidas e leva saúde a quem mais precisa

Fórmula de Escolha

Chegou a hora de brincar, mas a turma não sabe como selecionar quem será o escolhido para comandar a brincadeira de maneira justa. A CHC tem a solução!