Um gigante de gelo na Patagônia Argentina!

Vista panorâmica da geleira Perito Moreno.
Foto Pierre Pitte

De longe, o que se vê é um enorme bloco branco. Um bloco de gelo! Quando faz sol, ele brilha com uma cor azulada. Às vezes ouve-se um estrondo, como se fosse de raio ou explosão. Mas o barulho vem de um grande pedaço de gelo que se solta,a uns 60 metros de altura, e cai no lago. Ver isso de perto é o ponto alto da visita à geleira (ou glaciar)Perito Moreno. Esse gigante gelado tem 250 quilômetros quadrados de extensão!É mais que o tamanho de Buenos Aires, capital da Argentina, país que abriga essa beleza natural.

Gelo ganha tom azulado sob a luz do sol.
Foto Pierre Pitte

Uma geleira é uma massa de gelo que se forma com o acúmulo da neve em lugares em que os flocos de gelo caem no inverno e não chega a derreter no verão. Isso acontece nas regiões polares e de alta montanha, onde faz muito, muito frio!

As geleiras são essenciais na natureza local. Primeiro, porque são reservas de água doce de grande qualidade. São também fundamentais para o ciclo da água nas regiões de alta montanha. Quando acumulam muito gelo, blocos gelados fluem das regiões mais altas e frias e são levados para as regiões mais baixas e quentes, onde derretem e abastecem rios, lagos, lençóis subterrâneos…

 

Pierre Pitte,

Pesquisador em Glaciologia,
Instituto Argentino de Nivología, Glaciología y Ciencias Ambientales (IANIGLA),
Consejo Nacional de Investigaciones Científicas e Técnicas (CONICET)

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Fala Aqui!

Este é o espaço para você falar com a CHC! Pergunta que a gente responde!

Um lugar que mistura história e diversão

Imperadores, vikings, trens, aviões, química, doces, magia, fantasmas... Tudo isso faz parte de York, na Inglaterra!