Quero saber…

…o que podemos fazer para preservar os animais aquáticos?

Podemos começar preservando a casa desses animais: a água! Como? Evitando a contaminação de rios e mares. Um dos grandes problemas para os animais aquáticos é a poluição. Resíduos sólidos, como plásticos, por exemplo, não são nada bons para eles. Os plásticos demoram séculos para se decompor, e os animais muitas vezes os confundem com alimento, podendo até morrer se os ingerirem. Uma forma de impedir esse tipo de tragédia é sempre descartar o lixo de forma adequada, separando os itens para a coleta seletiva.

Será que há outras maneiras de ajudar os animais aquáticos? Sim! Podemos trocar produtos do dia a dia, como xampus, condicionadores e materiais de limpeza, por outros menos tóxicos, com menos conservantes (substâncias químicas que fazem o produto durar mais tempo). Na hora de lavar a louça, por exemplo, podemos usar detergentes com menos fosfato. Essa substância pode causar problemas ambientais, porque a água suja com o detergente acaba sendo levada para os rios e oceanos, e o excesso de fosfato pode incentivar o crescimento de algas que acabam diminuindo o oxigênio na água. O resultado? Os animais aquáticos podem morrer por sufocamento!

Que tal organizar um mutirão de limpeza de praias na sua cidade? Você e seus amigos podem recolher o lixo da areia e descartá-lo de maneira sustentável! Assim, menos sujeira será levada pela água, e haverá menos risco à saúde dos animais aquáticos!

Rachel Ann Hauser-Davis
Instituto Oswaldo Cruz, Fiocruz

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Floresta azul?

Debaixo d’água existe uma floresta tão importante quanto às que temos em terra firme!

Um urso pelo Brasil

Ele dominou as Américas, mas desapareceu misteriosamente

Open chat