Piranha gigante

 Ela era quatro vezes maior que suas parentes atuais!

Ilustração Nato Gomes

Ficha Técnica

Nome: Megapiranha (Megapiranha paranensis)
Origem: América do Sul
Tamanho: entre 95 e 128 centímetros
Peso: cerca de 12 quilos
Época em que viveu: entre 8 milhões e 10 milhões de anos atrás (Mioceno)

 

Você teria coragem de mergulhar em um rio repleto de piranhas? Provavelmente, não! Esses peixes são, talvez, os mais temidos habitantes da água doce. São capazes de atacar de forma violenta, individualmente ou em grupo. E seus dentes – ui!!! – são afiados como navalhas.
Ao contrário do que muita gente pensa, as piranhas não são atraídas por sangue nem são devoradoras de humanos. Vale lembrar que elas não atacam por qualquer motivo – somente quando estão com fome ou para defender seus ovos.
Se as piranhas atuais metem medo na gente, imagine como seria dar de cara com uma piranha de mais de um metro de comprimento! Pois as chamadas megapiranhas existiram de verdade, numa época chamada Mioceno.

 

Jean Carlos Miranda e Nicole Brand Ederli
Departamento de Ciências Exatas, Biológicas e da Terra
Universidade Federal Fluminense

Marcela Eringe Mafort
Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

CONTEÚDO RELACIONADO

Nandaia

Siriri/Dança tradicional (domínio público)

Microrganismos soltam pum?

Microrganismos são seres microscópicos que vivem em todos os lugares do nosso planeta. São tão pequenos que nós não conseguimos enxergá-los. Mas que tal um experimento para observar esses microrganismos se alimentando e, como dizer?..., soltando pum?!