Para que servem os hipopótamos?

Rios e lagos africanos dependem do cocô desses gigantes

Durante o dia, os hipopótamos se aglomeram na água para se refrescar, descansar e fazer… o número 2!
Paul Maritz / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0

Certa vez, um comediante perguntou na televisão se os hipopótamos “servem” para alguma coisa. Esta maneira de pensar é chamada de antropocêntrica, porque coloca o ser humano como o centro das atenções e do mundo.

Nós somos apenas uma entre milhões de espécies de seres vivos que compartilham este lindo planeta azul. É verdade que algumas espécies nos fornecem alimento, transporte, madeira e medicamentos. Mas, na natureza, cada espécie desempenha um papel no funcionamento dos ecossistemas, mesmo quando aparenta não ter utilidade para as necessidades humanas. É o caso dos hipopótamos.

Os hipopótamos são grandes mamíferos da África que pesam mais de uma tonelada quando adultos. Eles passam a noite se alimentando de grama na savana, mas se aglomeram em rios durante o calor do dia. Dentro da água os hipopótamos se refrescam, descansam e… fazem o número 2! Isso mesmo: fazem quilos e mais quilos de um cocô bem especial!

O cientista belga Jonas Schoelynck e sua equipe descobriram que as fezes dos hipopótamos são ricas em silício, um elemento químico. Este silício vem da grama que os animais comem e vai parar nos rios através das fezes. Dissolvido na água, o silício é usado para formar a parede celular de algas microscópicas chamadas diatomáceas. As diatomáceas fazem parte do fitoplâncton, a base da teia alimentar dos ambientes aquáticos, e também produzem parte do oxigênio da atmosfera.

Nas últimas décadas, a caça reduziu a população de hipopótamos na natureza e eles foram extintos de muitos rios. Sem hipopótamos, haverá menos diatomáceas nos rios africanos e nos grandes lagos onde os rios desaguam. A vida nesses ambientes aquáticos será afetada e peixes importantes para a alimentação humana podem desaparecer. 

Mas este futuro trágico pode ser evitado. Proteger os hipopótamos significa preservar o equilíbrio de um ecossistema inteiro e milhares de espécies que lá habitam, incluindo os humanos.


henrique-caldeira

Henrique Caldeira Costa,
Departamento de Zoologia
Universidade Federal de Juiz de Fora

Sou biólogo e muito curioso. Desde criança tenho interesse em pesquisar os seres vivos, especialmente o mundo animal. Vamos fazer descobertas incríveis aqui!

Matéria publicada em 23.12.2021

COMENTÁRIOS

  • dgma

    eu amei muito que deus abençou falou materia publicada dia 16.01.2022

    Publicado em 17 de janeiro de 2022 Responder

Envie um comentário

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Floresta azul?

Debaixo d’água existe uma floresta tão importante quanto às que temos em terra firme!

Um urso pelo Brasil

Ele dominou as Américas, mas desapareceu misteriosamente

Open chat