Para Curar Doenças: Veneno!

Pesquisadores brasileiros criam remédios a partir de toxinas de animais brasileiros

 

Você sabia que o principal remédio usado para combater a hipertensão foi desenvolvido a partir de estudos com o veneno de uma serpente da Mata Atlântica? É verdade! Em 1948, cientistas brasileiros descobriram uma substância no veneno da jararaca (Bothrops jararaca) que diminui a pressão sanguínea. Com um pouco mais de pesquisa foi possível reproduzir esse ingrediente em laboratório e fabricar medicamentos que melhoram a vida de muita gente. A cascavel (Crotalus durissus) é outra serpente do Brasil cujo veneno também vem sendo estudado para curar feridas, combater a dor e até ajudar no tratamento de doenças como o câncer de pele.

Pesquisas com venenos de serpentes têm sido importantes para desenvolver remédios que ajudam a salvar vidas no mundo todo.
Foto Renato Augusto Martins / Wikipedia / CC BY-SA 4.0

 

E não são só as cobras que possuem venenos tão especiais. Os cientistas têm investigado outros animais da rica fauna brasileira. Por exemplo, algumas vespas têm em seu veneno uma substância chamada polybiosida, que pode virar remédio no futuro. Os venenos do escorpião-amarelo (Tityus serrulatus), da aranha-armadeira (Phoneutria nigriventer) e das aranhas-de-teia-dourada (Nephila) têm compostos que também podem dar origem a medicamentos.

O veneno da aranha-de-teia-dourada tem compostos que podem ajudar quem sofre com epilepsia.
Foto Charles Sharp / Wikipedia / CC BY-SA 4.0

 

Os anfíbios também estão sendo estudados. Várias pesquisas têm encontrado na pele de sapos, rãs e pererecas do Brasil algumas substâncias que combatem bactérias, fungos e outros microrganismos.
O Brasil é o país com a maior variedade de seres vivos do mundo. Proteger essa riqueza toda é importante para o equilíbrio do meio ambiente, mas, como você deve ter notado, também pode nos ajudar a descobrir novos remédios. Com muito trabalho e bastante tecnologia, cientistas brasileiros fazem a cada dia descobertas incríveis. Quem sabe você se torne um deles no futuro?

 


Henrique Caldeira Costa,
Departamento de Zoologia,

Universidade Federal de Minas Gerais

Sou biólogo e muito curioso. Desde criança tenho interesse especial em pesquisar os seres vivos, especialmente o mundo animal. Vamos fazer descobertas incríveis aqui!

Matéria publicada em 09.11.2018

COMENTÁRIOS

  • Anna Elise

    Fiquei surpresa ao ler este texto!

    Publicado em 18 de janeiro de 2019 Responder

Envie um comentário

CONTEÚDO RELACIONADO

A ilha do Natal

Se você encontrasse uma ilha no dia 25 de dezembro, que nome daria?

Nise da Silveira, uma cientista brasileira louca pela medicina

Ela misturava arte e terapia e criou um museu de imagens feitas pelos seus pacientes