O “touro carnívoro” sul-americano

Ágil e com enormes chifres, o carnotauro era um dinossauro diferentão.

Reprodução de como era o carnotauro.
Ilustração Andrey Atuchin/Wikimedia Commons/CC BY-SA 4.0

Ficha Técnica

Nome: Carnotauro (Carnotaurus sastrei)

Origem: Argentina (América do Sul)

Tamanho: cerca de 9 metros de comprimento e 3 metros de altura

Peso: aproximadamente 1.500 quilogramas

Época em que viveu: Há cerca de 71 milhões de anos (Período Cretáceo)

O Cretáceo foi o último período da Terra a presenciar os dinossauros não aviários, ou seja, que não foram ancestrais das aves. É nessa fase de nosso planeta que viveram alguns dos maiores e mais diferentes dinossauros, como o carnotauro ou Carnotaurus sastrei.

Pertenceu a esse animal um dos esqueletos mais bem preservados dentre os grandes dinossauros carnívoros já descobertos. Seus restos fossilizados estavam articulados, o que nos dá uma ótima ideia da sua aparência em vida. A característica mais marcante do carnotauro é a presença de chifres logo acima de seus olhos.

[/vc_column_inner][/vc_row_inner]

Miguel X. M. Maia
Departamento de Geologia
Universidade Federal de Minas Gerais

Mauro B. S. Lacerda
Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Universidade Federal de Minas Gerais

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Viajar também é ciência

Você já ouviu falar em viajante-naturalista? Aceita o nosso convite para conhecer alguns desses profissionais?

Quanto menor o escorpião, mais forte o veneno?

Para encontrar a resposta, é preciso uma investigação científica!

Open chat