O sangue não é só vermelho?

Vermelho, azul, verde, violeta, transparente… Quem diria que o sangue pudesse ter tantas cores ou cor nenhuma?

Certo dia brincávamos de pega-pega na casa do vizinho. Naquele corre-corre, tropecei e ralei o joelho no chão. Ai, como doeu! Do machucado, saía…SANGUE! Mais tarde, já em casa e com curativo, pensei: por que o nosso sangue é vermelho? Será que algum animal tem sangue de outra cor? Se você já se fez essas perguntas, chegou a hora de descobrir a resposta!

O sangue transporta nutrientes, células de defesa, e outras substâncias importantes para o corpo. O oxigênio que respiramos é uma delas,essencial para que nossas células produzam energia. No sangue, o oxigênio viaja dentro de um tipo especial de célula, as hemácias, também chamadas, por causa da cor, de glóbulos vermelhos. Quem dá cor às hemácias – e, portanto, ao sangue – é a hemoglobina, que tem ferro, e é com ela que o oxigênio pega carona dentro das hemácias.

298 bicho1
O sangue de humanos e muitos outros animais é vermelho por causa da hemoglobina, substância que se liga ao oxigênio dentro das hemácias – as células achatadas na imagem.
Foto Pixabay

Mas, ao contrário do nosso sangue, o sangue das aranhas, crustáceos, e alguns moluscos (grupo das lulas, polvos e caramujos), não tem hemoglobina, mas outra substância: a hemocianina. No lugar do ferro da hemoglobina, a hemocianina tem outro elemento, o cobre. E isso faz toda a diferença, porque em contato com o oxigênio, a hemocianina deixa o sangue desses bichos azul!

 


Henrique Caldeira Costa,
Departamento de Biologia Animal
Universidade Federal de Viçosa

Sou biólogo e muito curioso. Desde criança tenho interesse especial em pesquisar os seres vivos, especialmente o mundo animal. Vamos fazer descobertas incríveis aqui!

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

CONTEÚDO RELACIONADO

Tem pássaro e avião na rota de colisão!

Quando um crime acontece, é preciso fazer uma investigação para desvendá-lo. Existe uma especialidade chamada antropologia forense. As pistas seguidas por esses especialistas vêm de... ossos! Sim, os esqueletos também falam e ajudam a desvendar mistérios.

O som da natureza

Quando um crime acontece, é preciso fazer uma investigação para desvendá-lo. Existe uma especialidade chamada antropologia forense. As pistas seguidas por esses especialistas vêm de... ossos! Sim, os esqueletos também falam e ajudam a desvendar mistérios.