O mar e a galinha dos ovos de ouro

O que há em comum entre o oceano e a fábula? Você tem 2022 inteirinho para descobrir!

Foto Pexels

A fábula da galinha dos ovos de ouro nos ensina que quem tudo quer, tudo perde. Por quê? Ora, porque o dono da galinha não se contentou em ficar com os ovos de ouro que a ave colocava, achou que havia um tesouro dentro dela e a matou para descobrir. Moral da história? Ficou sem a galinha, sua fonte de riqueza. Isso nos acende um alerta sobre o oceano: será que estamos explorando demais os benefícios desse ambiente precioso e corremos o risco de ficar sem nada?

Ao longo de 2022, este espaço vai falar das riquezas do oceano, trazendo exemplos das atividades econômicas que só existem por conta dele. Quer ter uma ideia melhor do que estamos falando? Então, mergulha!

Todos nós temos necessidades diárias, como comer, beber água ou mesmo respirar. Essas necessidades são supridas por recursos como água, alimento e o próprio ar. E a existência desses recursos depende das condições do meio ambiente. Será que estamos cuidando bem do planeta?

Em relação ao oceano, os benefícios que obtemos vão muito além de um delicioso banho de mar… Seus recursos podem estar localizados em qualquer área no mar, seja lá no fundo, próximo à superfície ou em regiões costeiras. Ah! Esses recursos são classificados em vivos e não vivos, além de renováveis e não renováveis.

Os recursos vivos são gerados pela vida marinha, como os peixes e frutos do mar que comemos, bem como por outros organismos que usamos para produzir diferentes produtos – como medicamentos, xampus, cremes e muito mais! Esses organismos podem ser extraídos do mar a partir da pesca ou a partir da aquicultura, que é o cultivo de organismos aquáticos.

Já os recursos não vivos são, quase sempre, os minerais – como areia, calcário, petróleo, até a própria água. Aliás, você sabe que o oceano contém quase toda a água do planeta e que essa água, além de chegar aos continentes em forma de chuva, pode ser captada e processada para retirar o sal e torná-la pronta para consumo. Em relação à energia, o oceano é a principal fonte de energia limpa (sem emissão de gases do efeito estufa) e renovável, podendo ser gerada a partir de algas, do vento, das ondas e das marés.

Se você pensa que a lista de benefícios que o mar nos oferece acabou, engana-se! O oceano ainda proporciona condições que sustentam a vida, como a regulação do clima do planeta. Boa parte do gás carbônico do ar se dissolve na água do mar, sabia? Além disso, o calor da atmosfera é absorvido pelo oceano, que o redistribui por meio das correntes oceânicas, fazendo com que tenhamos menos extremos de temperatura, chuva e seca.

O oceano também é importante para nossos sentidos, aprendizado, entre outras funções. Afinal, quem não gosta de sentir a brisa do mar batendo no rosto, dar um mergulho, se divertir com os amigos na praia ou tentar descobrir os mistérios do fundo do mar?

Entende agora por que o mar é a nossa galinha dos ovos de ouro? Por que devemos cuidar bem dele? Então, vamos seguir juntos desvendando os segredos do oceano!


Tássia Biazon
Alexander Turra
Cátedra UNESCO para a Sustentabilidade do Oceano
Universidade de São Paulo  

Matéria publicada em 25.01.2022

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

CONTEÚDO RELACIONADO

Uma mulher do campo

Quem foi, ou melhor, quem é Elizabeth Altino Teixeira!

Open chat