O cavalo isolado

Nesse jogo, a peça de xadrez está sozinha no tabuleiro, isolada. Isso te lembra alguma coisa?

Você, eu, quase todo mundo precisa ficar em casa por causa da pandemia de coronavírus e o risco de contrair a Covid-19. Para passar o tempo, acho que vale a pena contar a história do cavalo do jogo de xadrez que também ficou em isolamento social. O tabuleiro de xadrez tem 64 quadrados e 32 peças, e há uma interação social bacana entre as peças: elas se movem, saltam, se transformam e podem comer ou ser comidas.
Mas uma pandemia obrigou cada peça do jogo a ficar sozinha no tabuleiro. O cavalo, para passar o tempo e porque os médicos falaram que era bom fazer exercícios, decidiu andar pelas casas do tabuleiro. E, para não ficar entediado, ele inventou o seguinte desafio. Teria que andar por todas as casas sem passar duas vezes pela mesma casa. Para os que não sabem, o movimento do cavalo tem uma forma da letra ‘L’. A figura a seguir mostra as oito opções de movimento do cavalo.

Gráficos Marina Vasconcelos

 


pedro_roitman

Pedro Roitman,
Instituto de Matemática,
Universidade de Brasília

Sou carioca e nasci no ano do tricampeonato mundial de futebol – para quem é muito jovem, isso aconteceu em 1970, século passado! Enquanto fazia o curso de Física na universidade, fui encantado pela Matemática. Hoje sou professor.

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Floresta azul?

Debaixo d’água existe uma floresta tão importante quanto às que temos em terra firme!

Um urso pelo Brasil

Ele dominou as Américas, mas desapareceu misteriosamente

Open chat