Na Lapônia encantada!

A terra do povo indígena sámi e… do Papai Noel!

 

Floresta de pinheiros em Rovaniemi, capital da Lapônia.
Foto Flickr/Creative Commons

 

Em cima do Círculo Polar tem um lugar que parece mágico, onde, no verão, o sol não se põe por dois meses! Esse lugar se chama Lapônia e fica na Finlândia, no norte da Europa. Lapônia é a terra de um povo indígena, os sámi, e de uma figura muito conhecida, o Papai Noel. Dizem que ele mora lá! Será? Aí está um bom motivo para conhecer esse lugar!

Na Lapônia, entre o final de maio e o final de julho, tem noite sem anoitecer, e a temperatura pode subir até 25 graus. Mas no inverno é tudo muito frio, e a temperatura pode baixar até 35 graus negativos (brrrr!!!) e o sol não nasce por quase dois meses. É a neve que traz claridade na escuridão.

A natureza, na Lapônia, é realmente encantadora. Há muitos montes, lagos, rios e florestas de pinheiros. As montanhas, que atingem cerca de mil metros de altura, são chamadas tunturi. Elas têm um pico arredondado e sem árvores, sendo ótimos lugares para praticar esqui. Nos rios, é possível pescar o salmão que – dizem por aí – é o mais gostoso do mundo!

 

Marjaana Markkanen,

Antropóloga, mestra em Estudos de Desenvolvimento,
(Helsinki, Finlândia).

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

CONTEÚDO RELACIONADO

A árvore sagrada da Amazônia

Se você pudesse fazer um pedido para 2020, o que pediria? Uma vacina para prevenir a covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus? Pode apostar que esse é o sonho de muita gente pelo mundo todo. E é também o desafio de muitos cientistas! Que tal conhecer um pouco da história das vacinas e descobrir como são produzidas?