limnólogo!

Essa vai ser difícil de acertar… alguém aí sabe o que faz um limnólogo? Bem, se você gosta de lagos e rios e espera vê-los preservados por muito tempo, essa é para você: “limno” quer dizer “lago”, e “logo” significa “estudo”. Um limnólogo estuda ecossistemas como rios, lagos, pântanos, lagoas, riachos, açudes… e até mesmo águas subterrâneas!

É uma área da ciência importante sobre um bem tão precioso como a água. Daniel Marchetti Maroneze, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), começou a estudar limnologia em 2008 e não largou mais. Paulina Maria Maia Barbosa, também da UFMG, diz que conheceu a área depois que um amigo a convidou para ajudar em um projeto no Pantanal. Os dois contam que o Brasil é muito rico em ambientes aquáticos. Porém, muitos deles estão ameaçados pela ação humana. Para saber mais, é só mergulhar na leitura abaixo: uma simpática entrevista em que um complementa a fala do outro!

Ilustração Elcerdo

 

Ciência Hoje das Crianças: O que a limnologia estuda?

Paulina Maria Maia Barbosa e Daniel Marchetti Maroneze: Limnonologia é o estudo das águas continentais, como lagos, rios, represas, lagoas costeiras, áreas pantanosas… Ela estuda a origem e as características dos ambientes aquáticos, e como eles funcionam. Estuda também os seres vivos que habitam esses ambientes, como peixes, crustáceos, insetos, protozoários, bactérias, algas, macrófitas (que são plantas aquáticas), entre outros.

 

Elisa Martins,
Jornalista, especial para a CHC.

 

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

CONTEÚDO RELACIONADO

Oceanógrafo (a)!

Você sabia que o ponto mais profundo do oceano está a cerca de 11 mil metros abaixo do nível do mar? E que essa profundidade consegue ser maior que a montanha mais alta da Terra, o Everest?! Sabia também que mais de dois terços do nosso planeta é coberto pelas águas do oceano? Descobertas incríveis como essas são possíveis graças à oceanografia!

Transporte de água

Será possível que uma vela tenha superpoderes ou alguma magia em torno dela? Ou será que há uma explicação científica para o fenômeno que você vai testar agora? Mão na massa!