Lagarto voador

Dono de enormes asas, esse pterossauro foi o maior animal alado que já existiu.

Ilustração Johnson Mortimer/Wikimedia Commons
g

 

Ficha Técnica

Nome: Quetzalcoatlus northropi
Origem: América do Norte
Tamanho: 11 metros de envergadura (distância da ponta de uma asa a outra) e 6 metros de altura
Peso: 250 quilos
Época em que viveu: há 70 milhões de anos (Período Cretáceo)

 

Os pterossauros foram répteis voadores que, ao contrário do que muitos pensam, não eram dinossauros. Diferentemente dos ‘dinos’, esses animais alados tinham o quarto dedo de cada mão muito comprido, onde se ligava uma grande membrana, formando uma asa. Os fósseis mais antigos desses répteis voadores têm entre 237 e 201 milhões de anos, são do período Triássico, quando ainda não existiam aves (um grupo de dinossauros que sobrevive até hoje!), nem morcegos (mamíferos voadores).

 

Leandro de AvelarMariana Ambrosim

Departamento de Biologia Animal,
Universidade Federal de Viçosa.

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

CONTEÚDO RELACIONADO

Tem pássaro e avião na rota de colisão!

Quando um crime acontece, é preciso fazer uma investigação para desvendá-lo. Existe uma especialidade chamada antropologia forense. As pistas seguidas por esses especialistas vêm de... ossos! Sim, os esqueletos também falam e ajudam a desvendar mistérios.

O som da natureza

Quando um crime acontece, é preciso fazer uma investigação para desvendá-lo. Existe uma especialidade chamada antropologia forense. As pistas seguidas por esses especialistas vêm de... ossos! Sim, os esqueletos também falam e ajudam a desvendar mistérios.