Formiga pré-histórica

Presas em resinas de árvores há milhões de anos, essas formigas tiveram seu corpo preservado!

Haidomyrmex zigrasi, uma formiga que viveu há 99 milhões de anos e foi preservada em âmbar. Repare o curioso formato da mandíbula, semelhante a um espinho voltado para cima, saindo da base da cabeça.
Foto Phillip Barden/Antweb.org

 

Ficha Técnica

Nome: Formiga-dentes-de-sabre
Nome científico: Haidomyrmex
Origem: Myanmar
Tamanho: 5 a 15 milímetros
Peso: menos de um grama
Época em que viveu: 99 milhões de anos (Período Cretáceo)

A pesquisa sobre os insetos fósseis tem mudado o entendimento dos cientistas sobre como as primeiras formigas evoluíram. Algumas das formigas fósseis mais interessantes (e esquisitas!) são as do gênero Haidomyrmex, também conhecidas como “formigas-do-inferno”, “formigas-dentes-de-sabre” ou “formigas-mamute”. Elas viveram durante o Cretáceo – o último período da famosa era dos dinossauros – onde hoje fica Myanmar, país ao sudeste da Ásia. Eram pequenas, mas tinham mandíbulas poderosas, capazes de perfurar suas presas.

 

Júlio Chaul,

Laboratório de Sistemática e Biologia de Coleoptera,
Departamento de Biologia Animal,
Universidade Federal de Viçosa

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Como nasceram todas as histórias

No início da criação do mundo, as histórias ficavam todas em um baú, aos cuidados de Nyame. Então Ananse, uma criatura metade homem e metade aranha, resolveu ir ao céu buscar histórias para contar.

Fala Aqui!

Este é o espaço para você falar com a CHC! Pergunta que a gente responde!