Formiga pré-histórica

Presas em resinas de árvores há milhões de anos, essas formigas tiveram seu corpo preservado!

Haidomyrmex zigrasi, uma formiga que viveu há 99 milhões de anos e foi preservada em âmbar. Repare o curioso formato da mandíbula, semelhante a um espinho voltado para cima, saindo da base da cabeça.
Foto Phillip Barden/Antweb.org

 

Ficha Técnica

Nome: Formiga-dentes-de-sabre
Nome científico: Haidomyrmex
Origem: Myanmar
Tamanho: 5 a 15 milímetros
Peso: menos de um grama
Época em que viveu: 99 milhões de anos (Período Cretáceo)

A pesquisa sobre os insetos fósseis tem mudado o entendimento dos cientistas sobre como as primeiras formigas evoluíram. Algumas das formigas fósseis mais interessantes (e esquisitas!) são as do gênero Haidomyrmex, também conhecidas como “formigas-do-inferno”, “formigas-dentes-de-sabre” ou “formigas-mamute”. Elas viveram durante o Cretáceo – o último período da famosa era dos dinossauros – onde hoje fica Myanmar, país ao sudeste da Ásia. Eram pequenas, mas tinham mandíbulas poderosas, capazes de perfurar suas presas.

 

Júlio Chaul,

Laboratório de Sistemática e Biologia de Coleoptera,
Departamento de Biologia Animal,
Universidade Federal de Viçosa

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Histórias de uma coisa que todo mundo faz

Você pode estar em casa, na maior tranquilidade, quando bate a vontade. Pode também estar na escola e ficar meio com vergonha de saberem que foi você quem fez. Pode ainda estar na rua e ter de correr para achar um lugar onde possa fazer...

Nariz para fazer som!

Esse conhecimento, que é passado de uma geração para outra, também pode ser compartilhado com pessoas de fora daquele grupo, seja desinteressadamente ou, por exemplo, com o propósito de conservar o ambiente em que vivemos.