Deus ajuda a quem cedo madruga

Já pensou em como nosso cérebro entende os ditados populares?

Ilustração Mariana Massarani

Provavelmente você já ouviu essa frase naquele dia chuvoso em que a cama parece um ímã, do qual você não consegue desgrudar! Mas por que será que inventaram essa de que Deus (ou os deuses) só ajuda(m) a quem acorda cedo?

 


priscila
Debora

Priscilla Oliveira Silva Bomfim
& Debora Petrungaro Migueis

“Sou uma pesquisadora apaixonada pelo cérebro e aqui vou conversar sobre a (neuro)ciência dos ditados populares”. Debora é minha convidada da vez. Ela é médica do Hospital Universitário Antônio Pedro, especialista em sono e parceira no Núcleo de Pesquisa, Ensino, Divulgação e Extensão em Neurociências (NuPEDEN), da Universidade Federal Fluminense (UFF)

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

CONTEÚDO RELACIONADO

O cardápio das formigas maravilhosas

As formigas estão em quase todos os lugares do mundo e, acredite, quase 14 mil espécies diferentes já foram catalogadas. Algumas são bem difíceis de se encontrar, como as Thaumatomyrmex, nome de origem grega, que em português quer dizer: “formigas maravilhosas”!

Brincando com cálcio

Se você pensa que casca de ovo é só para jogar fora e giz é só para escrever, vai mudar os seus conceitos! Vamos usar esses materiais em um experimento bem divertido! Mão na massa, gente! 

Open chat