Casco em pedaços

Lenda do folclore brasileiro

Ilustração Walter Vasconcelos

Festas no céu acontecem de vez em quando, você deve saber. Sapos, cegonhas e outros bichos já foram e se divertiram muito. Da última vez, parece que foram três dias de festança. Todos os bichos estavam lá. O cágado, que anda bem devagar, é que não tinha aparecido. Quando alguns já vinham de volta, perceberam que ele ainda estava a caminho. Vendo seu esforço, a garça se ofereceu para levá-lo nas costas. O cágado aceitou, eufórico! Montou na garça rumo ao céu. Voaram muito alto!

Em pleno voo, a garça perguntou se o cágado ainda via a terra firme da altura de onde eles estavam. O cágado disse que não, não via mais nada. Pois não foi que a malvada da garça largou o pobre do cágado no ar! Ele veio caindo e dizendo:

 

“Léu, léu, léu,
Se eu desta escapar,
nunca mais vou a festa no céu”

 

E foi aí que gritou bem alto: “Afastem-se pedras e paus!”. As pedras e paus se afastaram, e o cágado caiu. Ele escapou vivo, mas seu casco se quebrou em muitos pedaços. Dizem que é por isso que o cágado tem o casco em forma de remendos.

 

Lenda do folclore brasileiro livremente adaptada pela CHC, do livro Contos Populares do Brasil, de Silvio Romero (domínio público).

Matéria publicada em 08.07.2020

COMENTÁRIOS

  • Silas

    mt legal CHC, Parabéns

    Publicado em 9 de julho de 2020 Responder

    • gabr

      http://chc.org.br/

      Publicado em 10 de julho de 2020 Responder

      • Manu

        Muito bom fiquei impressionada já tinha visto histórias como essas

        Publicado em 24 de julho de 2020

    • João neto

      Legal

      Publicado em 28 de julho de 2020 Responder

  • Sophia Oliveira Teresina-PI

    oi, CHC
    amei essa matéria e achei muito interessante e coitado da tartaruga

    Publicado em 13 de julho de 2020 Responder

    • Strawberry ;³

      Oii, sou nova aqui, em meu livro da escola tem muitos textos da CHC, então fiquei curiosa e vim visitar o site. Cheguei, e fui ler umas matérias, e já amei!!

      Publicado em 6 de agosto de 2020 Responder

  • laura

    porque as tartarugas se encolen bjs espero que vcs me respodam

    Publicado em 15 de julho de 2020 Responder

    • Lara fortes vital

      Eu acho que e porque elas se asustão

      Publicado em 18 de julho de 2020 Responder

    • Laura

      Vdd

      Publicado em 30 de julho de 2020 Responder

  • Gisleiva

    Que lindo, lembrei me do meu pai que contava uma semelhante quando eu era criança.

    Publicado em 15 de julho de 2020 Responder

    • Laura santana

      Pq as folhas são verdes

      Publicado em 30 de julho de 2020 Responder

      • Strawberry ;³

        Por causa da glicose, que deixa elas verdes, e brilhantes.

        Publicado em 6 de agosto de 2020

      • Rocambole de frango

        Achei muito legal, já tinha visto outras versões dessa história.

        Publicado em 8 de agosto de 2020

  • GABRIEL BRAGA

    uau! gostei desse poema

    Publicado em 22 de julho de 2020 Responder

  • Lyva san

    MDS eu lembrei quando eu era do 1° ano. minha tia contava isso quando eu tinha 5 anos

    Publicado em 22 de julho de 2020 Responder

  • Lyva san

    MDS eu lembrei quando eu era do 1° ano. minha tia contava isso quando eu tinha 5 anos eu adorava quando ela contava ☺️

    Publicado em 22 de julho de 2020 Responder

    • GABRIEL BRAGA

      que legal

      Publicado em 23 de julho de 2020 Responder

    • LUÍSA BEATRIZ

      QUE LEGALLLLL, EU AMEI. MAS TENHO UMA DÚVIDA QUE NÃO É RELACIONADA AO TEXTO: COMO OS PEIXES CONSEGUEM VIVER EMBAIXO DA ÁGUA?

      OBRIGADA!

      Publicado em 11 de agosto de 2020 Responder

  • GABRIEL BRAGA

    uau!!!!

    Publicado em 23 de julho de 2020 Responder

  • BECCA MARA PENA

    legal ! SOMENTE legal !

    Publicado em 23 de julho de 2020 Responder

  • Caio Vinícios Andrade de Jesus

    Que história !!! Que malvada essa garça..

    Publicado em 24 de julho de 2020 Responder

  • davi

    eu amei chc eu queria q vcs fizessem uma revista o passado da terra e como os dinossauros foram extintos por favor!!!!

    Publicado em 27 de julho de 2020 Responder

  • Camila

    Amei!

    Publicado em 27 de julho de 2020 Responder

  • Ana Julia Silva De Paula.

    uau!

    Publicado em 29 de julho de 2020 Responder

  • MARIA LUISA

    UAU AMEI

    Publicado em 31 de julho de 2020 Responder

  • Caio Montoia da Cruz

    Gosto muito de suas histórias

    Publicado em 31 de julho de 2020 Responder

  • PIETRO

    Gostei dessa história 😃😃

    Publicado em 2 de agosto de 2020 Responder

  • Julia Aparecida do Nascimento Neves

    A história festa no céu e muito legal.

    Publicado em 3 de agosto de 2020 Responder

  • Manuela Viana Savino

    Gostei bastante da história.

    Publicado em 7 de agosto de 2020 Responder

  • LUÍSA BEATRIZ

    QUE LEGALLLLL, EU AMEI. MAS TENHO UMA DÚVIDA QUE NÃO É RELACIONADA AO TEXTO: COMO OS PEIXES CONSEGUEM VIVER EMBAIXO DA ÁGUA?

    OBRIGADA!

    Publicado em 11 de agosto de 2020 Responder

  • Ana Beatryz de Jesus Ribeiro

    Ana Beatryz de Jesus Ribeiro. Data:12/08/2020. Revista chc. Olá chc! Eu achei interessante a lenda da festa no céu mas fique muito triste porque o casco do cágado quebrou em pedaços essa garça é muito malvada. Ana Beatryz de Jesus Ribeiro. Estudante da escola Antônio Adelino Marques da Silva Brandão Jundiaí SP

    Publicado em 12 de agosto de 2020 Responder

  • Maria gabriela machado

    Eu gostei muito do texto achei bonito ..mas porem triste aquela cegonha foi muito mal e a gente so deve fazer so mente as coisas que esta em nosos alcance .

    Publicado em 13 de agosto de 2020 Responder

  • Beatriz,Davi lima,David,Luiz,Sofia,Taina

    Teixeira de Freitas-BA, 13 de agosto de 2020.

    Assunto: Casco em Pedaços

    Prezado editor,

    É um prazer conhecer o senhor. Somos alunos do 4º ano da Escola Primeiro Espaço, moramos em Teixeira de Freitas-BA e gostaríamos de comentar sobre o seu livro “Casco em Pedaços”. Queremos parabenizar pela sua dedicação, criatividade e esforço. A parte que nos chamou mais a atenção foi quando o cágado caiu no chão. Achamos bem legal!

    Agradecemos pela atenção.

    Alunos do 4º Ano.

    Publicado em 14 de agosto de 2020 Responder

  • davigomes gabriel lais leonardo maria flor rafael sara

    Olá amigos da revista! Tudo bem?Nos da turma do 4ª ano da Escola Primeiro Espaço gostamos da matéria “Casco Despedaçado “ .Nos gostamos que ó cágado conseguiu sobreviver,e achamos muita ruindade que a cegonha soltou o cágado lá de cima. Também achamos muito legal que as pedras e os galhos deram licença para o cágado.

    Publicado em 14 de agosto de 2020 Responder

  • MURILLO YAGO LOPES DE SOUZA

    Começou bem a história entre esses dois mas a cegonha foi muito maldosa na postura de trair o cagado derrubando do alto o cagado foi muito inocente em ter aceitado a ajuda desse animal voador traíra numa dessa ele poderia ter perdido a vida com uma simples ajuda de um amigo falso

    Publicado em 14 de agosto de 2020 Responder

  • Alexsandro Couto da Silva

    Muito bom meu deus

    Publicado em 19 de agosto de 2020 Responder

  • Enzo Miguel Carvalho Martins

    Ótima história, goste muito.

    Publicado em 28 de agosto de 2020 Responder

  • Guilherme Melo TEIXERA

    eu não in tendi ti tolo❓

    Publicado em 31 de agosto de 2020 Responder

  • RAUL PONTES

    EU NÃO GOSTEI DA GARÇA QUE ENGANOU O CÁGADO.

    Publicado em 31 de agosto de 2020 Responder

  • João Magalhães

    eu adorei essa historia!!!!!!!! nunca vi como essa

    Publicado em 31 de agosto de 2020 Responder

Envie um comentário

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Cateretê

Dança tradicional (domínio público)

Bala que se transforma

A ciência costuma dar nomes engraçados para as coisas. Na mistura de água com açúcar, o açúcar é chamado soluto e a água, solvente.