Brincando juntos

Os números e as formas muitas vezes se misturam nos propondo brincadeiras e aventuras.

Na hora do recreio, em uma escola no mundo da matemática, eu vi dois grupinhos que não queriam brincar juntos. Em um desses grupos estavam os quadrados e os triângulos, era o grupo das formas. No outro grupo estavam uns pontinhos, representando os números. Vendo essa separação, eu pensei: – Seria tão legal se eles pudessem brincar juntos!

Coloquei a ideia em prática! Chamei alguns quadrados e uns triângulos, e falei para os pontinhos entrarem nessas formas de uma maneira bem ordenada. (Já vou me explicar com uns desenhos.)

Então, se um número de pontinhos conseguisse preencher, sem bagunçar, um quadrado, esse número ganharia o nome de número quadrado, e se um número de pontinhos conseguisse preencher, sem bagunçar, um triângulo, ele ganharia o nome de número triangular.

A figura mostra que o 4 e o 9 são números quadrados, já o 10 e o 3 são números triangulares.

 


pedro_roitman

Pedro Roitman,
Instituto de Matemática,
Universidade de Brasília

Sou carioca e nasci no ano do tricampeonato mundial de futebol – para quem é muito jovem, isso aconteceu em 1970, século passado! Enquanto fazia o curso de Física na universidade, fui encantado pela Matemática. Hoje sou professor.

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Viajar também é ciência

Você já ouviu falar em viajante-naturalista? Aceita o nosso convite para conhecer alguns desses profissionais?

Quanto menor o escorpião, mais forte o veneno?

Para encontrar a resposta, é preciso uma investigação científica!

Open chat