Abra os olhos! Em Abrolhos!

Fotos Tammy Iwasa Arai

No litoral sul do estado da Bahia, fica o arquipélago de Abrolhos. Arquipélago é um conjunto de ilhas – o de Abrolhos tem águas quentinhas e é protegido das ondas fortes por grandes recifes de corais. Dizem que, há muito tempo, quando os navegadores portugueses chegaram ao Nordeste brasileiro, eles já conheciam os riscos de encalharem nessas águas com seus navios de madeira. Então eles alertavam: “Abra os olhos!”. Com o tempo, a expressão teria virado… “Abrolhos”! Também há quem diga que esse é o nome dado a uma vegetação típica do local. Ninguém sabe ao certo. Mas Abrolhos bem que poderia ser chamado também de berço das baleias! 

 

Abrolhos é formado por quatro ilhas: Santa Bárbara, Redonda, Siriba e Sueste. E ainda possui uma ilhota, a Guarita. A maior delas é a Santa Bárbara, que tem aproximadamente um quilómetro e meio de extensão. Os recifes de corais se espalham ao redor do arquipélago. São os maiores e mais exuberantes recifes de corais do oceano Atlântico Sul Ocidental!

Os recifes ficam na parte em que as águas são mais rasas. Ali, a profundidade não ultrapassa em média os 15 metros – pode ser fundo para um homem de altura média, mas não para as baleias-jubarte, que chegam a medir até 16 metros de comprimento e pesar cerca de 40 toneladas!

 

Salvatore Siciliano,

Laboratório de Enterobactérias,
Instituto Oswaldo Cruz/Fiocruz.

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Histórias de uma coisa que todo mundo faz

Você pode estar em casa, na maior tranquilidade, quando bate a vontade. Pode também estar na escola e ficar meio com vergonha de saberem que foi você quem fez. Pode ainda estar na rua e ter de correr para achar um lugar onde possa fazer...

Nariz para fazer som!

Esse conhecimento, que é passado de uma geração para outra, também pode ser compartilhado com pessoas de fora daquele grupo, seja desinteressadamente ou, por exemplo, com o propósito de conservar o ambiente em que vivemos.