A primeira médica do Brasil

Estrela no nome e na vida, Maria Augusta foi estudar nos Estados Unidos para conseguir seu diploma em medicina

Maria Augusta Generoso Estrela foi a primeira mulher brasileira a se tornar médica. Ela nasceu no Rio de Janeiro, em 1860. Naqueles tempos, o Brasil ainda era uma monarquia, governada pelo imperador D. Pedro II.

A família de Maria Augusta era rica. Por isso, mesmo vivendo em uma época em que as mulheres não tinham muito acesso ao estudo, ela pôde ter uma educação de qualidade, o que foi muito importante para alcançar o seu objetivo: se tornar médica. Isso incluía a leitura de diversas revistas e jornais, nacionais e estrangeiros. E foi justamente lendo um desses periódicos que ela soube de uma mulher estadunidense que tinha acabado de se formar em medicina. Maria Augusta ficou encantada e decidiu que queria seguir o mesmo caminho.

Em 1874, com apenas 14 anos, a menina contou ao seu pai que queria ser médica. Ele, que sempre apoiou a filha, tentou fazê-la desistir da ideia. Argumentou que as dificuldades seriam muitas.

Ilustração Evandro Marenda

 


Robertha Triches
Professora do Departamento de História do Colégio Pedro II
Doutora pela Universidade Federal Fluminense

Sou professora de História e adoro falar sobre as personalidades que marcaram o Brasil de outras épocas!

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Uma mulher do campo

Quem foi, ou melhor, quem é Elizabeth Altino Teixeira!

Open chat