A origem dos vaga-lumes

Coelho Neto

Ilustração Evandro Marenda

No princípio, tudo na Terra era sombra e silêncio. Os astros eram considerados os diamantes do céu, lapidados um a um pelo tempo. A poeira luminosa que deles saia ficava espalhada, formando a Via Láctea e as outras nebulosas. Assim surgiram todas as estrelas que brilham; o Sol, que parece um topázio enorme; e a Lua, que é uma opala triste e distante.

Acontece que parte dessa poeira cósmica que vinha dos astros se espalhou aqui na Terra em forma de fagulha, uma chama fraquinha, mas muito poderosa, criando os animais e o homem, as árvores… Tudo! Essa fagulha aqui na terra se transformou em uma centelha maior, falante, que disse, certa vez:

 

Quero ser livre! Venho das claras estrelas que brilham no céu que, quando lapidadas lá no alto, delas saía uma luminosa poeira que se espalhou nos espaços formando estradas largas no Universo. Porém, algumas delas, como grãos pequeninos, vieram cair na Terra e se animaram. Nas noites, a poeira das estrelas vive e brilha também aqui. Somos nós, os vaga-lumes”.

 

E foi da poeira das estrelas que vieram todas as coisas que existem na Terra. Inclusive, os vaga-lumes que brilham, piscam e se confundem com os outros astros do céu.

 

Coelho Neto nasceu no Maranhão, em 1864, e morreu no Rio de Janeiro, em 1934. Foi escritor, romancista, crítico e teatrólogo, e pertenceu a Academia Brasileira de Letras. Assim como este conto, livremente adaptado pela CHC, ele deixou várias outras obras literárias, em livros e jornais da época.

Fonte: https://web.archive.org/web/20160530044056/http://jangadabrasil.com.br/julho/im11070b.htm

Matéria publicada em 12.08.2020

COMENTÁRIOS

  • Hiago de Souza Araújo

    Pelo o que eu entendi que através das poeiras das estrelas se formava os vagalumes

    Publicado em 30 de agosto de 2020 Responder

  • Arielly victoria relings da silva

    Achei a lenda muito interessante, gostei muito

    Publicado em 1 de setembro de 2020 Responder

  • Mariah

    que legal mais não entendi .

    Publicado em 2 de setembro de 2020 Responder

    • Mariah

      é legal mesmo mais também não entendi .

      Publicado em 2 de setembro de 2020 Responder

  • Bento SP – 6 anos

    não entendi muito Bem, mas é muito legal
    sobre os vaga-lumes
    muito interessante ler o História do autor.

    Publicado em 10 de novembro de 2020 Responder

  • Luiz Paulo

    Gostei mas não entendi

    Publicado em 23 de novembro de 2020 Responder

  • giovannavirginio

    gostei mas fiquei com uma duvida aqui

    Publicado em 11 de maio de 2021 Responder

Envie um comentário

CONTEÚDO RELACIONADO

O engenheiro da lama

Um mergulho no manguezal pode revelar muitas curiosidades sobre o caranguejo-uçá!

Fora da Terra

Em uma viagem fora da Terra, podemos descobrir como os satélites nos ajudam a perceber mudanças e medir a superfície do planeta.

Open chat