A invasão das jaqueiras

Conhece a jaqueira, uma árvore que gera um fruto enorme, a jaca, cheio de gomos suculentos? Quem gosta de jaca simplesmente ama. Já quem não gosta, detesta! Paladares a parte, a novidade aqui é que as jaqueiras são consideradas invasoras em alguns territórios. Isso quer dizer que ela domina o local por impedir o crescimento de outras plantas. Que história é essa?

Ilustrações Jaca

A jaqueira tem origem na Ásia, mais especificamente, na Índia. Essa árvore frutífera foi trazida ao Brasil para a alimentação dos escravizados no período colonial, por conter um fruto grande e cheio de gomos, que pode saciar a fome de várias pessoas. Para sobreviver, as jaqueiras necessitam de condições semelhantes às do seu local de origem: um clima quente e ameno, além de solo profundo e fértil. No Brasil, elas encontraram boas condições para crescer e se reproduzir… até demais!

Demais? Por quê? Porque a jaqueira libera toxinas no solo – um mecanismo chamado alelopatia, que, de forma resumida, impossibilita o desenvolvimento de outras plantas no seu entorno. Logo, a presença de jaqueiras pode diminuir a diversidade de outras plantas locais, como acontece na Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro.

 

Lucia Helena Soares de Sousa Pereira

Departamento de Química
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

CONTEÚDO RELACIONADO

Cateretê

Dança tradicional (domínio público)

Bala que se transforma

A ciência costuma dar nomes engraçados para as coisas. Na mistura de água com açúcar, o açúcar é chamado soluto e a água, solvente.