Destaques da pré-história

Sou suspeito para falar, mas é claro que, entre as matérias mais legais publicadas pela CHC Online em 2013, tenho um xodó por aquelas que falam de… pré-história! Dinossauro antenado que sou, hoje vou ajudar você a relembrar algumas.

Nosso passeio ao passado começa com a história da Terra. Você já parou para pensar, por exemplo, como foi que a água do mar ficou salgada? Falamos sobre isso! Contamos também a história de uma região brasileira que já foi mar, e hoje é cerrado, anunciamos a descoberta de um microcontinente perdido e como se formou um mar de pedras na Paraíba.

No ventre do pequeno mosquito fóssil de aproximadamente um centímetro, paleontólogos encontraram sangue preservado por 46 milhões de anos (Foto: Tim Rose/NMNH)

No ventre do pequeno mosquito fóssil de aproximadamente um centímetro, paleontólogos encontraram sangue preservado por 46 milhões de anos (Foto: Tim Rose/NMNH)

Os fósseis, é claro, nos ajudaram a contar muitas histórias bacanas: um mosquito pré-histórico foi encontrado ainda com sangue na barriga, cientistas descobriram o primata mais antigo de que se tem notícia, um berçário de dinossauros revelou centenas de ossos de embriões pré-históricos… Encontraram até um fóssil dentro de… outro fóssil – que história curiosa!

As descobertas paleontológicas nos deram pistas surpreendentes sobre como eram os animais no passado. Um parente dos ornitorrincos atuais, por exemplo, era gigante e tinha a boca cheia de dentes. Já um antepassado dos camelos vivia no gelo, em vez de passear pelos escaldantes desertos. E conhecemos ainda insetos pré-históricos que usavam restos orgânicos como camuflagem.

Há 110 milhões de anos, o <i>Tropheognathus mesembrinus</i> voava pelos céus do Brasil. A descoberta mostrou que os pterossauros habitaram a Terra muito antes do que se pensava (Ilustração: Maurílio Oliveira/ Museu Nacional/UFRJ)

Há 110 milhões de anos, o Tropheognathus mesembrinus voava pelos céus do Brasil. A descoberta mostrou que os pterossauros habitaram a Terra muito antes do que se pensava (Ilustração: Maurílio Oliveira/ Museu Nacional/UFRJ)

Muitas descobertas legais foram feitas aqui mesmo no Brasil. Árvores fossilizadas no estado de São Paulo, dinossauros em uma fazenda no Rio Grande do Sul, um fóssil de camarão no sertão do Cariri, um jabuti gigante no Acre, pterossauros na Chapada do Araripe, um crocodilo no interior de São Paulo, um jacaré no Maranhão… Dos achados brasileiros, acho que estão entre meus favoritos também o “pequeno” titanossauro de oito metros de comprimento e a megapaleotoca que serviu de abrigo a preguiças gigantes.

E você, o que achou das novidades pré-históricas de 2013?

Matéria publicada em 27.12.2013

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Padrão do site

Sou o mascote da CHC. Troquei a pré-história pelo mundo virtual para mostrar a você o lado curioso e divertido da ciência.

CONTEÚDO RELACIONADO

Grêmio Recreativo Escola de Samba Turma do Rex apresenta… A história do carnaval!

Rex, Diná e Zíper vão passar o carnaval no Rio de Janeiro e aproveitam para contar a você muitas curiosidades sobre o passado dessa festa!

Open chat