Aprender é divertido com Dr. Sabidinho

Parece de verdade, mas não é. Sobre as hemácias – as células do sangue que transportam oxigênio –, veja um Trypanosoma cruzi – o protozoário que causa a doença de Chagas (fotos: divulgação).

Você está com dificuldades em perceber a diferença entre uma bactéria e um vírus? Ah! Use bolinhas de isopor, alfinetes e… pronto! Não, não é brincadeira. A partir de materiais simples como esses, pesquisadores do projeto Aprenda comigo, Dr. Sabidinho, do Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, constroem réplicas que ajudam os alunos a entender e os professores a ensinar ciências. Isso porque, de olho no que é confeccionado, dá para saber mais sobre vírus, bactérias, protozoários e muito mais.

Réplica de um vírus que infecta bactérias.

Nas mãos dos cientistas, tábuas de plástico transformam-se em lâminas para observação no microscópio; bolinhas de isopor espetadas com vários alfinetes originam vírus da gripe; e massa adesiva – o popular durepoxi – dá forma a hemácias ou protozoários.

“Todo tipo de material pode ser reaproveitado para a confecção dos modelos”, conta Pedro Ferdersoni, um dos pesquisadores do Instituto Adolfo Lutz à frente do projeto. “As pessoas costumam nos chamar de ‘turma da caçamba’, já que recolhemos coisas que elas acham que não servem mais.”

O resultado desse trabalho é um acervo com dezenas de réplicas, que você pode ver no Instituto Adolfo Lutz ou mesmo na sua escola, clube de ciência ou bairro. Isso porque os mais diferentes espaços podem receber o Dr. Sabidinho e seu material de ensino.

A diversão é garantida, garantem os pesquisadores. E sabe por quê? “A grande maioria das peças é de uso interativo, o que permite que os modelos passem de mão em mão, que cada criança toque, sinta, veja tudo de perto. Tentamos produzir sempre materiais com essa característica justamente para que os alunos possam perceber a forma e a textura das coisas”, conta Pedro Ferdersoni.

Um adenovírus feito de miçangas, isopor e alfinetes.

Achou muito boa essa idéia? Então, saiba que o Dr. Sabidinho nos deu uma “canja” e nos ensinou a fazer, passo a passo, a réplica de um vírus da gripe e de células do sangue como as hemácias. Você pode clicar e… aprender também! Depois, se pintar a vontade de receber uma visita desse projeto na sua cidade ou escola, entre em contato com o Instituto Adolfo Lutz para aprender e brincar ainda mais.

 

Aprenda comigo, Dr. Sabidinho
Instituto Adolfo Lutz
Av. Dr. Arnaldo, 355, São Paulo/SP.
Visitas de segunda a sexta, das 9h às 18h. Grátis!
Para agendar uma visita ao instituto ou pedir que o Dr. Sabidinho vá à sua escola ou cidade, ligue (11) 3068-2854.

Matéria publicada em 15.08.2008

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Cathia Abreu

Adoro aprender coisas novas. Tenho a sorte de trabalhar me divertindo e fazendo descobertas todos os dias.

CONTEÚDO RELACIONADO

Grêmio Recreativo Escola de Samba Turma do Rex apresenta… A história do carnaval!

Rex, Diná e Zíper vão passar o carnaval no Rio de Janeiro e aproveitam para contar a você muitas curiosidades sobre o passado dessa festa!

Open chat