Água nas alturas

Chuááá! Esse barulho no meio da floresta não deixa dúvidas: tem catarata por perto. Ver aquela água toda caindo é realmente muito bonito, mas como será que ela vai parar lá no alto? Nosso leitor Carlos Alberto, que sabe que a água dos rios surge em depósitos subterrâneos, ficou intrigado com o tema.

Se a água corre em depósitos subterrâneos, como vai parar no alto das montanhas para formar as cachoeiras? (Foto: Flickr / Even Normann / CC BY 2.0)

Se a água corre em depósitos subterrâneos, como vai parar no alto das montanhas para formar as cachoeiras? (Foto: Flickr / Even Normann / CC BY 2.0)

Fui correndo falar com o geólogo Reginaldo Bertolo, da Universidade de São Paulo, e ele explicou mais sobre os tais depósitos subterrâneos – conhecidos como lençóis freáticos ou aquíferos. Quer conferir?

“A água que aparece nas montanhas vem da chuva”, conta Reginaldo. “Os pingos caem nessas regiões mais altas e vão descendo por entre os grãos do solo até atingir o lençol freático”.

A chuva pode cair em um ponto bem alto da montanha. A água se infiltra no solo até chegar a um lugar onde não pode mais ser absorvida – um maciço rochoso ou um solo impermeável, por exemplo. E assim se formam os lençóis freáticos, que dão origem às nascentes de rios e lagoas (Foto: Flickr / O Fuji / CC BY-NC-SA 2.0)

A chuva pode cair em um ponto bem alto da montanha. A água se infiltra no solo até chegar a um lugar onde não pode mais ser absorvida – um maciço rochoso ou um solo impermeável, por exemplo. E assim se formam os lençóis freáticos, que dão origem às nascentes de rios e lagoas (Foto: Flickr / O Fuji / CC BY-NC-SA 2.0)

Cada região tem seu próprio lençol freático, e a altitude entre eles pode variar. Em locais onde chove com frequência, esse reservatório está quase sempre cheio, e a água transborda mais facilmente para a superfície. “As nascentes dos rios surgem especialmente nos vales das montanhas, naqueles locais onde a superfície do lençol freático cruza com a superfície do solo”, conta o cientista.

Veja que conclusão interessante: as cachoeiras enormes que vemos por aí começaram com várias pequenas gotas de chuva, que foram se unindo e andando juntas embaixo da terra até virarem grandes cursos d’água!

Matéria publicada em 24.09.2013

COMENTÁRIOS

  • Jeannibel

    😱😱

    Publicado em 16 de julho de 2020 Responder

  • Yngrid

    impressionante

    Publicado em 16 de julho de 2020 Responder

  • Giovanna

    Muito impressionante!

    Publicado em 16 de julho de 2020 Responder

  • sarah procaylo

    muito legal amo curiosidades

    Publicado em 16 de julho de 2020 Responder

  • Maria Clara

    Eu tbm Sarah

    Publicado em 17 de julho de 2020 Responder

  • Anabel Sales

    Excelente esclarecimento! Muito grata!

    Publicado em 31 de julho de 2020 Responder

  • Nícolas Dias

    Muito interessante e bonito!

    Publicado em 14 de setembro de 2020 Responder

  • Lucimara

    Pergunta: tenho um terreno no morro será possível ter um lençol freático no morro?

    Publicado em 31 de dezembro de 2020 Responder

  • Maria Cecilia.

    ola eu so nova aqui,

    Publicado em 22 de fevereiro de 2021 Responder

  • Maria Cecilia.

    puta

    Publicado em 22 de fevereiro de 2021 Responder

  • Guilherme Marinho Serrano

    muito legal e interessante

    Publicado em 10 de março de 2021 Responder

  • Marlon Pecantet

    Maria Cec[ilia, Tem namo?

    Publicado em 1 de setembro de 2021 Responder

  • Pedro Nemerski

    Oi Maria, tenho interesse viu rsrs
    Bjs

    Publicado em 1 de setembro de 2021 Responder

Envie um comentário

Padrão do site

Sou o mascote da CHC. Troquei a pré-história pelo mundo virtual para mostrar a você o lado curioso e divertido da ciência.

CONTEÚDO RELACIONADO

Grêmio Recreativo Escola de Samba Turma do Rex apresenta… A história do carnaval!

Rex, Diná e Zíper vão passar o carnaval no Rio de Janeiro e aproveitam para contar a você muitas curiosidades sobre o passado dessa festa!

Open chat