15 curiosidades pré-históricas

1. Os ancestrais mais antigos das tartarugas não tinham casco.

Acredita-se que a <i>Eunotosaurus</i> seja o ancestral das tartarugas atuais. Ela não possuía casco, mas já tinha as costelas largas e curvadas na parte de cima, que podem ter dado origem a essa estrutura. (imagem: Smokeybjb / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0)

Acredita-se que a Eunotosaurus seja o ancestral das tartarugas atuais. Ela não possuía casco, mas já tinha as costelas largas e curvadas na parte de cima, que podem ter dado origem a essa estrutura. (imagem: Smokeybjb / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0)

2. Uma serpente fossilizada descoberta no Ceará tinha… quatro patas!

3. Você sabe como os cientistas estudam a alimentação de animais pré-históricos? Uma dica: eca!

4. Aranhas existem há pelo menos 380 milhões de anos.

5. A ave mais antiga já descoberta no Brasil viveu na região Nordeste.

6. Os radiolários são organismos microscópicos que têm a mesma composição básica dos vidros. Seus esqueletos, muito resistentes, podem se conservar como fósseis.

7. É muito difícil encontrar frutos fossilizados.

8. As samambaias surgiram há 360 milhões de anos.

Reconstrução do anfíbio <i>Australerpeton cosgriffi</i> no ambiente onde viveu no passado. (ilustração: Rodolfo Nogueira)

Reconstrução do anfíbio Australerpeton cosgriffi no ambiente onde viveu no passado. (ilustração: Rodolfo Nogueira)

9. Um anfíbio com cara de jacaré viveu na região onde hoje é o Paraná, há 260 milhões de anos.

10. O enorme tamanho de algumas espécies pré-históricas tem tudo a ver com a disponibilidade de oxigênio na atmosfera na época em que viveram.

11. Um museu recebeu de presente dois ovos ainda fechados de dinossauros. O que será que vão encontrar lá dentro?

12. Apesar da fama, o Tyranossaurus rex não foi o maior dinossauro carnívoro que já existiu.

13. Os dinossauros dividiram o planeta com muitas outras espécies de animais pré-históricos.

Reconstrução em vida de <i>Llallawavis scagliai</i>, ‘ave do terror’ que viveu na Argentina há 3,3 milhões de anos. (imagem: Santiago Druetta e Journal of Vertebrate Paleontology)

Reconstrução em vida de Llallawavis scagliai, ‘ave do terror’ que viveu na Argentina há 3,3 milhões de anos. (imagem: Santiago Druetta e Journal of Vertebrate Paleontology)

14. Depois da extinção dos dinossauros, as aves do terror dominaram o topo do topo da cadeia alimentar. Provavelmente, foram os principais predadores do planeta entre 60 milhões e 2,5 milhões de anos atrás.

15. Duas espécies de anfíbios pré-históricos descobertas no Maranhão e no Piauí revelaram detalhes do passado daquela região.

Qual a sua favorita? Não se esqueça de contar pra gente nos comentários!

Matéria publicada em 30.12.2015

COMENTÁRIOS

  • Tauros

    Da agunia só de pensar em ave do terror

    Publicado em 24 de setembro de 2020 Responder

  • Reylan

    gostei do dino

    Publicado em 23 de agosto de 2021 Responder

  • Gleide

    Eu adorei!

    Publicado em 23 de agosto de 2021 Responder

  • cauan

    tão de parabéns

    Publicado em 25 de agosto de 2021 Responder

Envie um comentário

Zíper

Gosto de zanzar por aí à procura de novidades interessantes do mundo da ciência. Adoro bancar o cientista e realizar os experimentos mais malucos!

CONTEÚDO RELACIONADO

Grêmio Recreativo Escola de Samba Turma do Rex apresenta… A história do carnaval!

Rex, Diná e Zíper vão passar o carnaval no Rio de Janeiro e aproveitam para contar a você muitas curiosidades sobre o passado dessa festa!

Open chat